Nosso Blog

Dificuldades das Empresas na Gestão SST

Todas as empresas se enquadrar dentro das normas SST – Saúde e Segurança do Trabalho. No entanto, há dificuldades das empresas na gestão SST para a maioria dos negócios.

O Brasil é o quarto país com maior índice de acidentes de trabalho, o pais tem uma média média histórica de 700 mil acidentes por ano. A estimativa é que esse número seja subnotificado, ou seja, muitos casos nem chegam a serem anunciados e acabam não entrando na estatística.

Será que vale a pena investir em SST?

Sim! A boa notícia é que o investimento uma vez feito é capaz de trazer benefícios para competitividade da organização. Colocando a empresa a frente dos concorrentes mostrando qualidade, organização, profissionalismo e de quebra reduzindo os riscos de acidentes. Portanto, esse é investimento que vale a pena ser feito. Ele agrega valor ao negócio. Em outras palavras esse é um benefício colhido por todas as organizações, independente da área de atuação, afinal o principal ativo de qualquer empresa são as pessoas, e essas, quando trabalham em ambientes saudáveis, entregam muito mais valor para a organização.

De foram geral existe dificuldades das empresas na gestão SST que podem ser consideradas as maiores e acabam sendo recorrentes em todas organizações.

Legislação

Entender as obrigações legais, reunir os documentos, fazer as adaptações necessárias são os principais obstáculos em relação a legislação. Todas as organizações estão submetidas às mesmas leis, independente do seu porte. No entanto, enquadrar-se dentro das obrigações é um obstáculo maior para as micro, pequenas e médias empresas.

Conhecimento técnico

Profissionais que são especializados na área de SST custam caro para a organização para mante-lo integralmente na empresa. Realizar as verificações necessárias e fiscalizar o cumprimento das obrigações é uma tarefa complexa que exige conhecimento técnico e dedicação em tempo integral. É o tipo de tarefa que não pode ser feita por um leigo. Nesse caso, é importante a empresa contratar um profissional ou então investir em uma consultoria especializada.

Planejamento e tempo dedicado

A aplicação das normas é um processo personalizado que deve considerar as especificidades de cada organização, o planejamento é uma etapa importante. Reunir os documentos, estudar a operação da empresa, entender a quais normas ela deve se enquadrar em cada etapa do processo. São alguns dos elementos a serem observados nessa fase. Tudo isso, leva tempo e essa tarefa não pode impedir a empresa de continuar operando. Nesse sentido, certamente uma consultoria externa só tende a aprimorar o processo e entregar mais resultados.

Gestão financeira

Restrição orçamentária talvez seja o obstáculo mais tangível, portanto, sempre usado como fator de decisão para não adequação as normas. Mas, é extremamente perigoso cortar verbas na área de SST. Isso porque um acidente de trabalho pode levar a empresa à falência.

Treinamento dos funcionários

Uma dificuldade encontrada pela grande maioria das empresas é o treinamento da mão de obra dentro do processo. Todo trabalho que envolve risco deve ser executado por um profissional treinado. Esse profissional precisa conhecer e respeitar os procedimentos de segurança. Da mesma forma, treinar os funcionários, explicar sobre os riscos da função e sobre a operação segura é de responsabilidade empresa e faz parte das exigências SST. Em muitos casos a empresa pode ser condenada por não entregar treinamentos nessa área.

Como devemos mudar isso?

As empresas precisam conhecer a importância das normas. Contar com uma consultoria especializada ajuda as empresas a cumprirem todos os requisitos, essa é a melhor forma de vencer esses obstáculos e construir um ambiente de trabalho seguro para os colaboradores da sua empresa.

Fonte: asonet (adaptado)

Esta Gostando do conteúdo? Compartilhe!

//script do chatwoot